Dropshipping: Seus prós e contras

Out 21, 2020

É comum no imaginário que toda loja, seja ela virtual ou física, tem um estoque, não é mesmo? A resposta é sim. Porém, existe uma estratégia que quebra esse conceito que faz parte do inconsciente coletivo e ele se chama Dropshipping.

O Dropshipping é uma estratégia onde o vendedor trabalha sem estoque nenhum, ou seja, os produtos ficam armazenados direto no fabricante ou nos fornecedores. O lojista pode comercializar diversos produtos, sem de fato tê-los em seu estoque. Havendo interesse de um comprador por determinado produto, o lojista entra em contato com o fabricante ou fornecedor, que enviará o produto diretamente para o cliente. Compreendemos que em um primeiro momento essa ideia pode causar estranhamento, mas saibam, essa vem sendo uma prática muito utilizada e como tudo que é “novo” muito debatida também.

O Dropshipping traz com ele vantagens e oportunidades tentadoras, mas como sempre alertamos, tudo tem dois lados, então é importante analisar as situações reais para ver se essa prática será de fato positiva para seus negócios.

Falando sobre as vantagens, vamos começar pela maior delas para quem quer iniciar essa prática, o baixo investimento. Sem precisar fazer grandes investimentos iniciais com estoque, é possível iniciar uma bem-sucedida empresa com menos dinheiro do que é feito usualmente. Quem utiliza desta estratégia de comércio, não precisa de um espaço para armazenamento, funcionários para mantê-lo e embalagem de pacotes, entre outras questões de logística que geram custo para a empresa.

Em uma empresa tradicional, o aumento de vendas, aumentará, proporcionalmente, o trabalho e o investimento. No entanto, em formato dropshipping, a sua empresa não precisará se preocupar com questões de processar os pedidos ou embalagem, esse trabalho fica por conta dos seus fornecedores, então escalar seu negócio será mais rápido e fácil. Como você não precisa se preocupar em guardar os produtos, ou se eles vendem ou não, é possível apostar na venda de itens menos procurados também, por exemplo. Basta encontrar um fornecedor que tenha estoque desses produtos que você pode facilmente colocá-lo à venda no seu e-commerce.

Mas, como dissemos acima, toda história tem dois lados. E apesar de ser muita tentadora e vantajosa, a estratégia de Dropshipping traz consigo algumas desvantagens, que devem ser consideradas também.

Falamos dos gastos reduzidos, não é? Então, mas também é preciso estar atento, pois neste tipo de negócio, a margem de lucro é menor do que os outros. Para cobrir custos baixos, alguns produtos são ofertados com preços menores e para lucrar, às vezes é necessário um volume de vendas extremamente alto. Isso acaba afetando a empresa, pois ela terá que realizar um volume muito alto de vendas para conseguir algum lucro significativo e esse retorno pode demorar um pouco para chegar.

Outra questão, e nesse caso talvez a mais importante, é a questão do estoque de seus fornecedores. Uma coisa é você ter o controle sobre suas mercadorias, outra coisa é essa responsabilidade ser de terceiros. Quando se trabalha com giro de mercadorias que não é você que controla, que também atende a outras empresas, as mudanças de estoque são inevitáveis. Mesmo existindo maneiras de sincronizar o inventário do seu negócio com os de fornecedores, isso nem sempre garante perfeição, causando atrasos na entrega, por exemplo, e chateando o cliente final. Como dito em outros textos aqui no blog da SmartEnvios, é sempre muito importante buscar por parceiros ou fornecedores de confiança, que ofereçam um trabalho de qualidade e que cumpram com os que foi oferecido.

Com essa estratégia de negócio, os serviços são sempre feitos por terceiros, por isso é muito importante estar atento ao cálculo exato do frete. Uma vez que o dropshipping visa envolvimento com mais de um fornecedor, provavelmente os envios dos produtos comprados em seu e-commerce irão passar por vários remetentes, com remessas diferentes, o que pode complicar os custos ou as questões fiscais. Por isso, a situação fica um pouco mais complexa quando há outros pontos de coleta envolvidos, e, quando a empresa que emitiu a nota fiscal não é a mesma do endereço onde foi coletado.

Graças às tecnologias, é possível que o e-commerce parceiro tenha o cálculo de frete preciso, considerando todos os pontos de origem das mercadorias e em conformidade com a lei.

Em meio a uma transação e outra, erros podem ocorrer e em alguns momentos você pode nem ter sido o causador dele, porém saiba que a obrigação de assumir a frente e resolver a questão é sua, pois o cliente confiou a você a compra dele.

Outro ponto que é importante mencionar é que no dropshipping, quem embala os produtos é seu fornecedor e isso precisa ser combinado, normalmente você pagará por este serviço e pela embalagem. Certifique-se que a embalagem terá a sua marca, este é um ótimo momento para divulgá-la.

A boa notícia é que problemas acontecem, mas uma boa resolução com um atendimento atencioso irá minimizar este impacto. Problemas acontecem, a maneira que você os resolve te diferencia da maioria.

Great! You've successfully subscribed.
Great! Next, complete checkout for full access.
Welcome back! You've successfully signed in.
Success! Your account is fully activated, you now have access to all content.