A hora e a vez do assistente de voz

Out 14, 2020

Ao longo do tempo viemos acompanhando as mudanças e modernizações do varejo. O que antes era feito no balcão, com o tempo passou os computadores e teclados, depois para o “touch”, que chegou junto com a revolução digital e mobile. Agora, essa revolução está chegando em uma nova fase, chegou a hora e a vez da era da voz. Os assistentes de voz foram entrando de mansinho e agora já fazem parte das rotinas dos consumidores, seja em suas Tv’s, carros, Smartphones e até mesmo em suas casas. Nomes como “Siri” ou “Google Assistente” são comuns até mesmo para aqueles que não são fissurados pelo mundo dos computadores. Agora esse marco da evolução tecnológica mostra que veio para ficar e só tende a expandir. Prova disso, são os dados da pesquisa feita pelo site Voicebot.ai, que mostram que 34% CMOS pretendem criar aplicativos de voz até o fim de 2020.

No segundo semestre do ano passado, a Amazon lançou um produto que chegou para encantar os brasileiros, a “Alexa”. A empresa, que está disposta a entrar de vez no mercado brasileiro, colocou a disposição do país sua assistente de voz, com falas em português, trazendo uma linguagem mais informal e descontraída. Amazon é a primeira empresa que traz oficialmente equipamentos oficiais e compatíveis para o Brasil. A Google já havia lançados seus assistentes de voz, porém eles não contemplavam o Brasil. O Google Mini, por exemplo, extremamente popular onde é comercializado pelo baixo custo e ótimo benefício, ainda só é encontrado em marketplaces na versão importada.

Algumas grandes marcas brasileiras estão conectadas com essa transformação e já
mergulham de cabeça nessa nova era. Podemos citar duas delas: O Bradesco e a Vivo, que criaram seus próprios assistentes de voz: a Bia e a Aura, que são divulgadas nas suas campanhas de marketing mostrando que estão conectadas com o futuro. Mas, como os consumidores têm reagido à essa novidade? Muito bem, obrigado. Os consumidores estão cada vez mais íntimos dos assistentes de voz, muitas vezes criando relações afetivas com eles. O uso dessa ferramenta tem sido constante, seja para realizar uma busca que antes precisa ser digitada ou até mesmo e serviços que deixem suas rotinas mais práticas. A utilidade dos equipamentos evoluiu para além do entretenimento e são uma ferramenta para o gerenciamento eficiente de sistemas residenciais. Hoje, as melhores soluções em smart home estão integradas a um assistente de voz inteligente. O que antes parecia algo possível apenas em um episódio dos Jetsons, agora é uma realidade no dia-a-dia.

Veja o ranking de busca pelo assististe de voz (Pesquisa realizada pelo Digital Doughnut):

– Tocar música (71%)
– Responder perguntas gerais (58%)
– Criar alarmes/lembretes (49%)
– Notícias/previsão do tempo (47%)
– Interagir com smart devices (34%)
– Gravar listas/memos (20%)
– Sincronizar com calendário (17%)
– Fazer compras (9%)
– Ler audiobooks (7%)
– Jogos (7%)

Com todo esse cenário apresentado, ficou claro que o assistente de voz é a mais nova tendência do mundo online. Se você possui um e-commerce e está pensando em aderir a essa tecnologia, esteja atendo as novidades, não ofereça aos seus consumidores o “mais do mesmo”. Seduza seu público com exclusividades, surpreende ele com o novo, seja relevante!

Great! You've successfully subscribed.
Great! Next, complete checkout for full access.
Welcome back! You've successfully signed in.
Success! Your account is fully activated, you now have access to all content.